segunda-feira, outubro 01, 2007

Chok-Dee - O Kickboxer

De: Xavier Durringer. 2005.
Com: Dida Diafat, Bernard Giraudeau, Florence Faivre, Lakshantha Abenayake, Sombat Metanee, Rit Luecha, Jean-Pierre Léonardini e Jean Miez.
Sinopse: Após uma combinação de acontecimentos, Ryann termina preso. Lá ele reencontra Jean, um antigo campeão de boxe. Com seu contato, ele descobre um dos esportes mais violentos que se conhece, "o boxe tailandês" e todos os valores morais que se cercam. Ao sair da prisão, ele parte para a Tailândia. Mas logo descobre que o esporte é quase inacessível aos estrangeiros. Seu primeiro combate será inicialmente para ser aceito no campo e o preço será um tipo de humilhação. Seu segundo combate será para provar que, através de sua vontade e trabalho, ele poderá se tornar um verdadeiro campeão.
Crítica: Produção francesa que valeu a pena ter visto no escuro (me interessei após ter lido a sinopse), já que nunca tinha ouvido falar no filme, que começa na frança, numa introdução rápida e em seguida segue para a tailândia que é onde se densenvolve o restante da história de um ex-presidiário (o desconhecido "Dida Diafat" - ator que nasceu na Argélia - atua com personalidade e atitude na sua estréia no cinema), seu personagem sonha em ser um grande lutador de muay-thai (o boxe tailandês), e acaba encontrando barreiras por ser estrangeiro, num enredo em que o diretor explora mais o lado humano nas relações sentimentais entre os personagens, as lutas no ringue acabam sendo meio que um pano de fundo, não se vê nada de extraordinário nesse quesito que se compare por exemplo com as lutas dos filmes de Tony Jaa, portanto, nisso o longa não consegue empolgar e nem causar muita importância, mas apesar disso, a história flui legal, é bem conduzida e enterte, o personagem principal manda bem na estréia e a atriz Florence Faivre que contracena com ele é muito bonita..hehe..além do filme dispor de 3 línguas dentro do seu contexto, tipo: se fala francês, inglês e tailândes. Ah, “Chok-Dee” significa “Boa Sorte”. No fim das contas, acho que o filme cumpre bem aquilo que propôs e ao meu ver consegue com boa qualidade alcançar seus objetivos.
Nota 6.5!
Filme Visto em Agosto/2007

Um comentário:

Armadeira disse...

Você tem alguma informação sobre a trilha sonora desse filme????


Por favor responda para meu e-mail:ana.schmidt@gmail.com

Obrigada!