quinta-feira, março 19, 2009

Watchmen - O Filme

De: Zack Snyder. 2009.
Com: Patrick Wilson, Malin Akerman, Billy Crudup, Matthew Goode, Jackie Earle Haley, Jeffrey Dean Morgan, Carla Gugino e Matt Frewer.
Sinopse: Ambientado numa realidade fictícia norte-americana nos anos 80, um grupo de super-heróis aposentados começa a ter sua vida ameaçada. Rorschach (Jackie Earle Haley), detetive que usa uma máscara desfigurada, e o Coruja (Patrick Wilson) passam a investigar a identidade do vilão antes que suas próprias vidas corram perigo.
Crítica: Nunca li o HQ tão festejado por muitos e considerado o melhor de todos os tempos, e ficava sempre impressionado quando uma certa revista especializada em cinema falava desse filme desde os tempos de que foi dado o aval pro longa sair do papel, o entusiasmo era gritante e enorme a cada notícia dada, na qual eu ficava imaginando de que na telona seria um puta filme de arrebentar a concorrência, porém, sempre fiquei com um pé atráz, só iria acreditar em toda essa badalação depois de ver o filme mesmo, assisti e infelizmente isso tudo foi só fogo de palha e a história baseada em HQ no filme não foi nada disso pro meu gosto, não vi motivo pra tanta festa com o resultado do longa, bem pelo contrário, achei tudo meio que decepcionante por tudo que li e ouvi falar anteriormente, não achei ruim, mas esperava bem mais, fui ver com a expectativa que a mídia dizia e saí com outra bem diferente, muito a quem do esperado, o roteiro é meio complexo e não vem mastigado (talvez seja o motivo que não me agradou), mas não foi só por aí, se vê história demais (muito flashback) e ação de menos, o tempo não passa e o filme não engrena nas 2h35 de duração, mas é bem feito e produzido, efeitos bacanas, boa trilha sonora, alguns personagens são interessantes e bem construídos (na qual se compreende o uso de flashbacks já citado, porém, seria mais legal se todos personagens tivessem a mesma atenção), com destaque mais para o Rorschach (disparado a melhor coisa do filme, Jackie Earle Haley ótimo no papel) com esse kra temos as melhores cenas, principalmente aquelas na prisão, com momentos de comédia com o anãozinho, interessante a delicateza com que ele trata as suas vítimas..hehe..e outra figura bastante apreciável que não posso esquecer de mencionar é claro a gatinha Malin Akerman em algumas cenas pra lá de calientes, apesar da atriz ser meio fraquinha, mas nem tudo é uma maravilha no filme, achei muito chato e sem graça aquele careca azul (Dr. Manhattan vivido por Billy Crudup), se perde muito tempo com ele (as piores cena são com esse sujeito e a forma na qual ele se tornou o "azulão careca peladão"..rsrs..não me desceu na goela), cada vez que ele aparecia eu dizia: "puts, lá vem esse careca fdp"..hahaha..) e no final a atitude tomada pelo personagem piora mais a situação deixando-o ainda mais execrável, mas o clímax final foi bem decepcionante também, não gostei nenhum pouco daquilo, que coisa bem besta, e pra mim não foi surpresa a revelação de quem estava por tráz de tudo, no meio do filme dava pra sacar e matar a charada, sem falar que ficou fora de foco o cidadão, que surge no clímax como o maioral sendo que anteriormente não se falou muito no kra, puts, mas daí iria precisar de mais meia-hora pra se aprofundar no personagem, e o que dizer das cenas de ação, não tem quase nada que chame a atenção, desde o início acontecem de maneira esporádica, é uma luta aqui, uma luta ali, outra acolá, algumas com um grau bacana de violência e só, mas nada que empolgue muito, não existe uma grande cena de ação daquelas de tirar o chapéu, nisso o filme ficou devendo muito, acho fundamental que tenha em filmes baseados em HQ algo que a gente vê e diz: "porra, que puta cena hein?". E pra concluir, se o HQ for exatamente o que o filme mostrou na telona, vou procurar manter distância pra não perder meu tempo lendo..rsrs..e convenhamos, sou muito mais "Spiderman", "X-Men", "Superman", "Batman" e vários outros, esses sim tem ao meu ver as melhores histórias de HQ, já "Watchmen" depois de ver o filme é o que tem a pior, fazê o que, tipo, não é por que é complexa que precisa ser a melhor, sem falar que os outros citados aí são muito mais interessantes e a nível de personagens então, nem se compara, o Batman por exemplo daria uma surra de relho no tal coruja e o Superman cagaria a pau o careca azulão..rsrsrs..mas quem sabe as continuações melhorem.
Nota 4.0!
Visto em Março/2009

2 comentários:

Cevallos disse...

Oi Diego,

Antes de mais nada, parabéns pelo Blog!

Fui ver o filme (Watchmen) somente há pouco tempo e concordo com praticamente tudo que tu disseste.

O início até prometia, com a violenta luta do Comediante ao som de Nat King Cole cantando "Unforgettable". Achei esta uma grande cena de ação (talvez a única).

O roteiro é meio confuso para quem não conhece previamente a história. No início eu estava meio perdido entre os "Minute Men" e os "Watchmen". São muitos personagens e ainda tem umas idas e voltas em "flashback". Demorou um pouco, mas depois até que consegui entender (acho...).

Rorschach/Jackie Earle Haley é de longe o melhor personagem do filme. O seu drama (que o leva à loucura) e as suas falas são demais (na prisão: "Vocês não entenderam. Eu não estou preso. Vocês é que estão presos comigo."; coloca Chuck Norris no chinelo...rsrsrsrs).

O Dr. Manhattan, em contraste com o Rorschach, é o mais inssosso, com aquele seu jeitão "cool". A sua fuga/exílio para Marte e aquela gaiola (?) de cristal... não deu para entender direito.

Apesar de tudo, consegui ultrapassar as duas horas e meia sem cair no sono... Eu tenho a impressão que a leitura dos HQs talvez pudesse esclarecer melhor a história, desenvolvendo melhor os personagens e justificando o final do filme. Não sei. Se tiver algum tempo talvez eu leia. A minha nota é 3,5 de 5.

Um grande abraço,

Cordialmente,
Cevallos.
= JTC/jtc =

Dewonny disse...

Grande Cevallos!
Brigadão pela visita e pelos elogios, é uma honra recebê-lo por aqui! Pois é, Watchmen deixou a desejar, esperava muito mais do filme, tbm concordo com as suas observações! Abs!