terça-feira, junho 23, 2009

Fome

De: Steve McQueen. 2008.
Com: Michael Fassbender, Liam Cunningham, Stuart Graham, Liam McMahon, Dennis McCambridge,Lalor Roddy, Laine Megaw, Brian Milligan e Rory Mullen.
Sinopse: Drama que descreve as seis últimas semanas de vida do irlandês Bobby Sands, que fez greve de fome e liderou um dos mais violentos motins no presídio Maze, Irlanda do Norte em 1981.
Crítica: Filme chocante baseado em fatos reais, com toques de genialidade, perturbador, polêmico, dramático e bastante violento, uma experiência desagradável que nos dá uma visão da "Greve de Fome do IRA", mais precisamente dos últimos meses de vida de Bobby Sands (Michael Fassbender, simplesmente sensacional), líder do IRA que se submeteu a uma greve de fome na prisão de Maze em Belfast, na Irlanda Norte do início dos anos 80!
Grande parte do filme desenvolve-se numa sucessão de planos longos, e com pouquíssimos diálogos, 85% do que se diz no filme se concentra num plano-sequência interminável em meio ao longa que dura cerca de 20 ou 25min com a câmera estática num mesmo quadro, rendendo ali um grau de concentração maior para o espectador acompanhar e assimilar a conversa que ocorre entre prisioneiro (Sands) e reverendo, mas vale ressaltar que o trabalho de câmera durante o filme inteiro é impecável, tem várias cenas que o visual mostrado já diz tudo, sem a necessidade de uma explicação mais detalhada para compreendermos o que é viver naquela maldita prisão, as cenas falam por si só, a imagem é bastante usada como instrumento de linguagem (fato que chama atenção e não passa desapercebido), nada é gratuito, tudo tem uma finalidade e significado, sob uma fotografia fenomenal e caprichada!
Cenas agressivas de pura violência, humilhação e crueldade (de um realismo impressionante) são muito bem destacadas mostrando de maneira dura e dolorosa de se ver, toda forma de castigo e protesto que eram submetidos os prisioneiros, capazes de passar quase cinco anos apenas com um cobertor como roupa, sem tomar banho e rodeado de paredes cobertas de excrementos e comida podre! Uma verdadeira prisão do inferno regida em condições desumanas aos presos que ali vivem, atingindo dimensões poucas vezes exploradas na sétima arte!
E o que dizer do ator alemão Michael Fassbender, numa atuação visceral digna de oscar, o kra se entrega de corpo e alma ao personagem, que sofre uma transformação física impactante, numa sublime e magistral interpretação, algo do tipo que Christian Bale fez em "O Operário" (The Machinist). Fassbender que esteve em "300" de Zack Snyder, na película de horror recente; "Sem Saída" (Eden Lake) a ser conferido, e que também marcará presença no elenco do bastante esperado "Bastardos Inglórios" (Inglourious Basterds) de Quentin Tarantino!
Um filme nada agradável de se ver, que provoca inúmeras sensações a quem o assiste, com uma estrutura narrativa pesada na sua execução nas cenas mais fortes a olho nú, mas muito bem realizado na sua concepção, uma biografia intimista de Bobby Sands sem se aprofundar no personagem, de maneira didática o cineasta (não confundir com o ator já falecido de "Sete Homens e Um Destino", Fugindo do Inferno, "Crown, O Magnífico" e "Bullit") tenta mostrar os "dois lados" do conflito, político é bem verdade, mas ao seu modo, na qual achei uma escolha acertada: menos sobre o IRA, mais sobre corpos em atrito e degradação, nessa reflexão pessoal e física sobre violência extrema!
O diretor que é artista plástico, Steve McQueen (que aparece na imagem abaixo pra quem não o conhece) entrega uma obra de qualidade extremamente elogiável como nunca vi antes, nessa que é sua estréia no cinema, e que estréia de luxo, ele pode até vir a não fazer nenhum outro grande filme, só sei que com "Hunger" o cara já tem seu nome gravado na história do cinema! Se trata de um dos melhores filmes ambientados em prisão que assisti na vida!!!
Nota 9.0!
Visto em Junho/2009

8 comentários:

Cris disse...

Deve ser um filmão!

abraços Diego

altieres bruno machado junior disse...

Olá Diego

Deve ser um filme bem chocante mesmo. E o mais pertubador é que é baseado em acontecimentos reais. Parabéns para o diretor. QUERO MUITO CONFERIR!

Abraços e até mais.

Kamila disse...

Tenho muita curiosidade de ver este filme para conferir a atuação do Michael Fassbender, que foi elogiadíssima. E sua opinião sobre o filme foi ótima também, o que ajuda bastante. :-)

Vinícius P. disse...

Estou muito curioso em relação a esse filme, afinal dizem que o trabalho de atuação do Michael Fassbender é fantástico mesmo.

Wally disse...

Aparenta ser intenso - para dizer o mínimo. Do jeito que eu gosto. Espero que chegue aqui logo.

Ciao!

Dewonny disse...

É isso aí pessoal!
Recomendo à todos!
Ñ deixem de conferir!
Abraços! Diego!

Gustavo disse...

Esse filme deve mesmo ser impressionante, gosto de obras fortes. Um novo cineasta de talento parece ter surgido.
Vou procurar ver!

Mayara Bastos disse...

Li muitos comentários positívos sobre "Hunger", e sua opinião me motivou a ter curiosidade maior, mas é só esperar o filme desmbarcar por aqui, rsrs. ;)