quarta-feira, março 07, 2007

A Comunidade

De: Álex de La Iglesia. 2000.
Com: Carmem Maura, Eduardo Antuña, Mariá Asquerino, Jesús Bonilla, Marta Fernández Muro, Paca Gabaldón, Sancho Gracia, Emilio Gutiérrez Caba, Terele Pávez, Roberto Perdomo, Enrique Villén e Ramón Barea.

Sinopse: Júlia (Maura), uma corretora de imóveis na casa dos 40 anos de idade, escolhe os apartamentos que pretende comercializar aquele que considera estar em melhor estado, a fim de injetar um pouco de emoção em seu relacionamento. Mas uma rachadura no teto acaba impedindo a diversão. Chamados para arrombar a porta do apartamento de cima e verificar o problema, os bombeiros encontram o corpo do antigo morador em estado de decomposição. Mais tarde, contudo, é Júlia quem faz um grande achado: nada menos que 15 milhões de dólares, pertencentes ao falecido, estavam escondidos sob o assoalho. A corretora então se vê confrontada com a fúria de uma vizinhança muito peculiar, encabeçada por um administrador sem escrúpulos. Sair do prédio com todo aquele dinheiro parece uma tarefa impossível, ou não?

Crítica: Mais um grande filme desse talentoso diretor espanhol (de "Crime Ferpeito" - visto no mês passado), o melhor do kra visto até então, que novamente mistura comédia, suspense e terror de forma genial, assim como em "Crime Ferpeito" o filme também é envolvente, prendendo nossa atenção do começo ao fim (fato fundamental de bastante valia pro meu gosto na hora de computar a nota para filmes que conseguem esse feito de forma interessantíssima). Iglesia retrata bem toda a ganância, ambição e desespero por uma bolada em dinheiro por parte dos moradores do prédio que estavam a anos esperando o momento de reaver o dinheiro (ganhado na loteria) do vizinho que morreu, é quando entra em cena Carmem Maura (de ótima atuação) que ganhou o Goya (oscar do cinema espanhol), o Festival de San Sebastián e o prêmio do Círculo de Críticos de Cinema da Espanha como melhor atriz por esse papel, pra atrapalhar os planos da comunidade após ter achado a grana, a partir daí, o filme vira uma guerra, ela, tentando de todas as formas sair do prédio com o dinheiro, eles, os moradores, fazendo de tudo pra evitar que ela saia viva com a grana, hahaha, show de bola, e muito hilário o kra (um rapaz "retardado"- filho de uma das moradoras) que se fantasia de Darth Wader..rsrs..cidadão que acaba sendo uma figura muito importante dentro do contexto, assim como dele render boas piadas, devido a essa fantasia..rsrs..enfim, "A Comunidade" é um filmaço!!!

Nota 8.5!

Filme Visto em Janeiro/2007

Um comentário:

İpek Aral disse...

Hi,

I watched the film 3 nigths ago and it was great. So interesting, so shocking ...