segunda-feira, abril 23, 2007

300

De: Zack Snyder. 2006.
Com: Gerard Butler, Lena Headey, Dominic West, David Wenham, Vincent Regan, Michael Fassbender, Tom Wisdom, Andrew Pleavin, Andrew Tiernan e Rodrigo Santoro.
Sinopse: O rei Leônidas (Butler) e seus 300 guerreiros de Esparta lutam até a morte contra o numeroso exército do rei Xerxes (Santoro). O sacrifício e a dedicação destes homens uniu a Grécia no combate contra o inimigo persa.
Crítica: Visto no cinema numa sessão lotada, vale ressaltar primeiramente que, eu não conhecia absolutamente nada da história baseada em HQ de Frank Miller, portanto, tudo visto em tela foi novidade, na qual o resultado num todo me agradou, pois o filme era o que eu esperava, uma sessão de diversão e entertenimento, boa para os olhos e ouvidos, que é o que 300 conseguiu me transmitir de forma satisfatória, se trata de um épico bem bacana e bem cuidado, fotografia deslumbrante, visualmente belo e técnicamente perfeito, com efeitos digitais muito bons, em nem um momento me senti incomodado (conforme pensei achar antes que ficaria) tudo foi bem dentro do esperado naquilo que um épico desse porte precisava, as diversas cenas de luta e violência são um show a parte, bem realizadas em sequências de ação trepidantes (gostei dos momentos em que foi usada câmera lenta pra dá mais ênfase nos movimentos e tal, ficou legal, sem falar nas técnicas de batalha bem boladas), outros fatos a destacar: os diálogos carregados de testosterona (tem alguns que acabei achando hilários..rs..); cenas que repetem outro épico extremamente superior: "Gladiador", quando aparece os "campos de trigo"; e claro, não poderia deixar de comentar, a aparência irreconhecível de Rodrigo Santoro, juntamente com a voz dada ao seu personagem (de gestos afetados, coberto por piercings e correntes - pra nenhum integrante do movimento gay botar defeito..hehe..na qual acho que ele ficou perfeito como tal), e também é legal ver um brasileiro se dando bem em Hollywood conseguindo trabalhos desse porte, apesar dele ter aperecido em poucas cenas, é algo pra se orgulhar, parabéns pra ele. As atuações são boas, e achei interessante a ideologia do personagem principal (Leônidas - Gerard Butler), na qual isso acabou deixando bem previsível o desfecho final do longa, que pra mim ficou valorizado logo a seguir, antes da subida dos créditos, fui obrigado a soltar um: "agora vai"..rsrs..após ter visto a última cena, muito boa a tomada final. Enfim, acho que "300" conseguiu ser fiel à HQ e não decepciona, mesmo pra quem não sabia nada a respeito.
Nota 7.0!
Filme Visto em Abril/2007

3 comentários:

Bruna disse...

concordo com vc lindinhu quando diz que o rodrigo santoro eh um motivo orgulho para nos;)
soh vi sangue na minha frente...hiihihiihi
nao posso deixar de comentar dah fotografia e dos efeitos, muitos bons[;)]


minha nota: 7.5

alekzandor disse...

Assisti ao filme na presença de 4 pessoas - cinema vazio pois a agitação toda do lançamento já havia passado. Isso foi muito bom para poder prestar mais atenção em tudo. A primeira coisa que fica lantente é o cuidado estético que tiveram, fazendo o filme todo em alto contraste, com cores lavadas e uma textura áspera por cima, dando um efeito único, quase como se fosse uma arte de Graphic Novel, ou seja, um quadrinho adulto. Sem comentários para avaliar os efeitos visuais, tempo de câmera, as cenas de batalhas. Simplesmente sensacional. A história é simples (mas Senhor dos Anéis também é e mesmo assim rendeu 3 filmes), mas foi bem resolvida em um filme relativamente curto (1:57h). As atuações muito boas, e até mesmo o Santoro "Vera Verão" fez bem sua parte. O interessante é a liberdade artística da produção, que mesmo tratando de um épico histórico, fez do filme um evento místico e fantástico, quase surreal, onde até rinocerontes e elefantes viram monstros mitológicos. Nota 9.

Michele disse...

Pra mim a única coisa que salvou mesmo foi o Rodrigo Santoro... Apesar de que na hr nem caiu a ficha de quem era ele kkkkkkkk Eu estava pensativa demais que nem estava prestando muita atenção no filme. Mas sei lá, pra mim o filme não me acrescentou nada. Só vi matança!!! Fala sério, não gostei muito não. Minha nota é 5.