terça-feira, dezembro 15, 2009

Atividade Paranormal

De: Oren Peli. 2009.

Com: Katie Featherston, Micah Sloat, Mark Fredrichs e Ashley Palmer.

Crítica: ATENÇÃO: Quem ainda não assistiu esse filme, pare por aqui na leitura pois essa crítica contém SPOILERS, recomendo deixar pra ler só depois que ver o filme, está dado o aviso!!!




Dito isso, vamos a minha humilde opinião: "Atividade Paranormal" é pra mim o melhor filme do ano lançado até o momento, junto com "Distrito 9", são os filmes do ano, na verdade se trata de um pequeno grande filme, já que o orçamento custou a bagatela de apenas US$ 15 mil dólares, segundo informações passadas, e que só nos E.U.A já gerou um faturamento de US$ 100 milhões, isto é, eis mais uma prova de que com poucos recursos pode-se realizar um filme de respeito que bota no chinelo muitos blockbusters por aí, onde os gastos na realização são muito maiores.
O longa do diretor estreante Oren Peli tem formato de filme já visto, onde eu citaria como exemplo os conhecidos e muito bem falados: "A Bruxa de Blair" (1999 - do qual ameaça roubar o posto de fenômeno recordista na relação custo-benefício de todos os tempos) e os recentes "Cloverfield", e "[REC]", pois também simula ser uma história real captada por seus próprios protagonistas.
O que diferencia "Atividade Paranormal" desses outros 3 é que no meu ponto de vista os acontecimentos mostrados me foram muito mais realísticos e impactantes, coisa que eu não senti com muita intensidade nos outros aí citados, apesar de ter gostado muito de "[REC]" e "Cloverfield", nem tanto do da Bruxa, já aqui a coisa toda foi muito mais convincente pro meu gosto, que me fez gostar bastante do filme - do primeiro ao último minuto - que já entrou pra lista dos mais aterrorizantes que já vi na vida.
Mas muito do impacto que o filme me causou valeu por ter visto sem nenhuma informação do dito cujo do que se tratava, além do título nacional, isso aí foi ótimo pro filme ter tido um efeito e tanto, cheguei a pensar que tudo que foi mostrado foi de fato real, que aqueles fenômenos inexplicáveis aconteceram de verdade na vida do casal, que doidera, é por aí que o filme me ganhou, no convencimento de fazer o espectador acreditar ou no mínimo ficar na dúvida de que aquelas coisas aconteceram, isso pra mim é o que o filme trouxe de melhor, em relação aos outros 3 mencionados ficou num patamar bem superior somente nesse aspecto.
O diretor foi bastante inteligente e talentoso nessa encenação toda, um excelente ilusionista ao trabalhar boa parte do tempo com uma câmera fixa e uma imagem de visão noturna em baixa resolução, parecida com a dos sistemas de vigilância, manipulando com criatividade as imagens, que avançam e retrocedem em busca da tal atividade paranormal, tudo isso dentro de seu limitado campo narrativo, criando diversas situações de pavor noturno que tem como cenário esse verdadeiro quarto do pânico (botando no chinelo o filme de David Fincher, hehehe).
O suspense crescente é outro fator positivo, e em nada me incomodou o fato das coisas acontecerem de fato depois da metade do filme, nesse momento eu já estava completamente envolvido e cada vez mais interessado e curioso em saber o que estava acontecendo naquela casa mal assombrada. O amadorismo das atuações do casal eu também vi pro lado positivo, beirando ainda mais a realidade, não daria pra esperar atuações dignas de oscar, pois o intuito da coisa não era esse, estavamos vendo as últimas imagens liberadas pela polícia de San Diego e pelos familiares do jovem casal aparentemente normal (Katie e Micah) que passaram por tal problema extremamente desagradável, conforme sugere a proposta inicial do longa.
Outro fato que vale um comentário, mas de fácil explicação - que me questionei até durante o filme: do por que do casal não resolver sair daquela casa quando percebe que as coisas estão cada vez piorando mais? essa resposta é muito simples que fica bem exposta no filme conforme ele avança, nas revelações que surgem, por que a "maldição" estava na mulher, e ponto final, não ia adiantar fugir do problema, pois estariam apenas mudando o local dos acontecimentos paranormais, a coisa deveria ser resolvida ali.
Jamais esquecerei da cena da mulher sendo arrancada da cama na frente dos nossos olhos, no caso, a câmera que filma tudo, por algo que a gente não enxerga, essa pra mim é "a cena" do filme, impressionante e surpreendente o que o diretor foi capaz de fazer ali, só por aí o filme já tinha válido muito a pena, o final nem precisava ser bom, mas não é bom, é excelente, o clímax final não poderia ter sido melhor, suspeitava que fosse acontecer aquilo ali, e dito e feito, só faltava saber como seria, e veio o desfecho, que achei sensacional, mas isso depois de saber que o filme não era baseado em fato real, rsrs, por que na hora, me foi bastante perturbador pois estava na crença ou em dúvida de que aquilo tudo aconteceu, de tirar o chapéu o final, que fecha o filme com chave de ouro, mas claro que me refiro ao final original, não assisti a cópia do filme que tem um outro final que muita gente não gostou.
Outras cenas que merecem destaque são da mulher parada em pé na frente da cama enquanto o marido dorme, e aquela dela sentada durante horas em estado de transe, simplesmente perturbadoras, sem falar numa cena que acontece antes dos policiais subirem ao segundo piso que foi muito bem pensada, e praticamente emblemática que não deixa nenhuma aresta solta!
A única ressalva que tenho do filme, mas que nem chega a ser tão pro lado negativo, é do diretor ter misturado fenômenos de poltergeist com possessão demoníaca (coisa do demo), pois começa com uma coisa e termina com outra, mas sei lá, isso também foi o de menos, coisa que pouco me importou devido ao tamanho impacto que o longa me causou, vale apenas o registro que nem sei se tem fundamento ou se disse besteira, rsrs.
Enfim, já me alonguei demais, acho que disse tudo que queria desse pequeno grande filme, muito bem realizado, de uma tensidade pura, que mexe com nossas emoções, a ponto de deixar qualquer um com a pulga atráz da orelha, fazendo o espectador acreditar ou ficar numa grande dúvida da veracidade dos fatos, que foi o que aconteceu comigo, fator motivador, principal e fundamental que fez o longa cair nas graças da minha completa aprovação, um grandioso trabalho como nunca havia visto, um filme marcante e inesquecível, filmaço com F maiúsculo!!!

Nota 9.0! Visto em Novembro/2009

11 comentários:

Júnia L. disse...

Diego,

Eu e meu namorado assistimos a este filme, ele ADOROU e eu morri de medo (kkk)mas gostei também. Ai que sensação terrível, aquelas coisas pra mim aconteceram de verdade.
Que frio na espinha ( bhuuuuuuu), nem dormi no dia que vi o filme imaginando o que poderia estar acontecendo na minha casa a noite (kkk).
Esse é "O SUSPENSE" do ano, também acho que vai tirar o titulo de "A Bruxa de Blair" e outros.

Bjão
Adorei a resenha

Cristiano Contreiras disse...

Primeira pessoa que vejo elogiando este filme, primeiro blogueiro que fala bem. rs

Eu vi o trailer e deu curiosidade, verei! abs

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kamila disse...

Diego, como você bem sabe, eu discordo totalmente da sua opinião. Uma vez que, pra mim, esse filme é uma verdadeira enganação! Não tem nada de clima crescente de suspense!

Cine Europeu disse...

Eita Dieguinho - huahuahauah! Só me surpreendendo!

Confesso é você foi a primeira pessoa a elogiar.

Mesmo apesar das inúmeras críticas e poucos elogio pretendo sim assisti-lo.

Uma sessão de relaxamento!!


Bjos!!!

LuEs disse...

O Cristiano disse que você é o primeiro a falar bem, mas eu já acho que a Kanila é a primeira a falar mal.
Eu ainda não vi o filme, mas parece que todo mundo agora só fala dele. Nos cinemas da minha cidade, ganhou sala e horários de exibição bem favoráveis, a fim de atrair mais pessoas.
Parece ser realmente interessante. Se for ao menos como [•REC] já valerá a pena, uma vez que esse é bem legal.

Dewonny disse...

Jú, é isso aí, esse filme cria diversas sensações, show de bola!

Cristiano, pelo q td indica esse é do tipo ame ou odeie..rs..

Patrícia, bons sustos pra vc, espero q goste..mas na verdade é mais aterrorizante do q assustador..

Kamila, o suspense crescente é o q tem de melhor no filme, pois as coisas vão piorando conforme o tempo passa, e vendo o filme eu ñ achei q era enganação, acreditei q td foi real, depois de vê-lo e pesquisando na net é q fui ver, q foi td encenado, daí, o filme subiu ainda mais no meu conceito, pois se trata de uma perfeita e excelente enganação!

Cine Europeu, vlw pelo Dieguinho Marcia..rsrs..e gosto é gosto né..hehe..veja e tire suas próprias conclusões..

Luis, as opiniões estão bem divididas, e viva a democracia, ñ ia ter graça se todo mundo pensá-se igual ñ?..rs..

Abs! Diego!

Mandy disse...

Vamos lá:

Eu andei vendo uma lista de filmes de terror, que peguei em um blog. os melhores desde o ano 2000... to me acabando e em breve postarei sobre eles.... na medida que for vendo!

Atividade foi 1 filme que vi com pé atrás, pois tinha ouvido falar mal. Todavia eu, assim como vc, achei o filme gênial.

Adorei as paradas da câmera em visão noturna, pois cria uma tensão de que algo é iminente, mss vc n sabe o que.... Muita gente n gostou disso mas eu gostei... perceba q as coisas acontecem sempre as 3 da manhã. Amei a cena da tabuleiro... dela catatônica e o fim foi surpreendente!!! achei o enrredo muito bom e as atuações tb.. o krame fez ficar com raiva dele! HASuashas e ele imitando texano?

Fique chocada com as patas no chão e a cena dela sendo arrastada não me sai da cebaça. Já presenciei eventos estranhos, nada perto disso, mas esse fato me faz ter mais medo ainda... Está sendo difícil dormir husahusahsauhasusha todo dia fico imaginando coisas...

P/ mim só faltou 1 coisa, a presença do demonologista, memso q ele fosse lá, e tivesse q ir embora e o desfecho fosse o mesmo!

O filme foi genial! Adorei REC e Cloverfield... n curti A BRUXA, ams esse foi um dos melhores filmes do ano e concordo com Distrito!!!!

=DDD

Vc sai da lista dos blogs q eu seguia, descobri hj.. por isso sumi!

Mandy disse...

Sabe oq eu acho enganação? A VILLA!

Dewonny disse...

Oi Mandy, a quanto tempo!
Ah, eu mudei pra layout aki no blog pra por o negócio de seguidores, vai ver foi por isso, mas legal q esteja de volta, estou te seguindo tbm!
Filmaço esse Atividade né, concordo com td q vc disse, tbm achei ótima a cena das pegadas, muito bem feito aquilo ali, o filme tdo foi muito bem concebido, o fato de eu achar q td aquilo aconteceu msm foi o preponderante pra gostar tanto dele!

E gostei do "A Vila" tbm!

Bjo! Diego!

Wally disse...

Gostei muito também. Legal ler uma opinião tão positiva após outras tão negativas.

Nota 8,0